Loading ...
Sorry, an error occurred while loading the content.
 

Respondendo ao Sven....

Expand Messages
  • Leonardo Ricciardi
    Caro Sven, Durante 3 anos fui Diretor Executivo da Primeira Fábrica de Software Livre do Brasil - CETAD. Durante este tempo conviví com os grandes players do
    Message 1 of 3 , Feb 3, 2006
      Caro Sven,
       
      Durante 3 anos fui Diretor Executivo da Primeira Fábrica de Software Livre do Brasil - CETAD. Durante este tempo conviví com os grandes players do mercado nacional de Softwares - sejam estatais ou privados. Percebí que há um diferenças de interesses entre o Brasil e a India, ou até mesmo a China. Acredito que tudo se resume em problema cultural. Digo isto porque fiz parte desse time que decide o jogo de Desenvolvimento de Software no Brasil.
       
      Bem, o problema é de ordem cultural pois, ainda estamos à reboque da ciência que desenvolve, que prospera, que propõe soluções. Nunca tivemos nenhuma preocupação com pesquisas tecnológicas e para piorar a situação, tivemos um longo período de ditadura que atrasou nosso país em todos os sentidos. Nós ainda temos uma tendência provinciana no que tange à educação técnica. Há séculos era nobre ser "doutor", "fazer uma faculdade", enquanto o técnico era subjulgado. Hoje vivemos sob a "venda de títulos de nobreza" - os certificados universitários, que muita das vezes não refletem a realidade do conhecimento adquirido.
       
      A proposta do Brasil na esfera de desenvolvimento, pelo menos, durante os próximos 10 anos é tão somente o desenvolvimento de sistemas, afinal não dominamos técnicas tão avançadas de desenvolvimento de hardwares a ponto de gerar tendências, como nossos colegas americanos. Mas o futuro do Brasil não é ser uma Índia, nem uma China, que prostituem seus técnicos, criando assim uma cultura de subexistência, afinal eles precisarão sempre de alguém que pense, pois desenvolver eles já sabem - aliás só sabem fazer isso.
       
      O Brasil não quer gerar um mercado de bodyshop para que americamos ou outro povo qualquer venha simplesmente subutilizar nossa capacidade de desenvolvimento profissional e criatividade. Por que somos tão bons em desenvolvimento? Acho a resposta na CRIATIVIDADE. A criatividade é um artefato barato e dominamos como nenhuma outra nação. Assim Imagine uma mistura da América com a Índia e adicione pouco da China, o que temos é o Brasil. Somos bons em toda a cadeia de Desenvolvimento de Softwares e não só em codificação como os Indianos e Chineses. Nossas fábricas são mais inteligentes. Nossos programadores tem que analisar também, isso porque nós jogamos nas "11 posições".
       
      Hoje sou acionista da FSL-CETAD, não mais atuo diretamente nela, mas ano passado, o nosso modelo de fábrica foi exportado para a África, numa composição do Governo Brasileiro e a UNESCO. Começamos por Angola e estamos avançando. Atualmente sou Engenheiro de Sistemas Senior na Quality, mais uma Fábrica de Software Brasileira,  que como a FSL - CETAD, entendeu esse direcionamento natural - característica principal das fábricas brasileiras: Profissionailmo, Competência e Criatividade.  Essas características é que tem que ser exploradas pelos player do nosso setor de Exportação e Desenvolvimento de Serviços - esse é o valor agregado que faz com que o nosso valor, perante aos nossos concorrentes seja mais alto. Chamem o Duda Mendonça para tratar do Marketing do Mercado de Desenvolvimento Tecnológico Brasileiro. É uma questão de Marketing - "somos caros pois somos melhores, ou somos melhores pois somos mais caros?"
       
       
      Abraços.
       
       
      Leonardo Ricciardi
    • Phillip Calçado
      Olá, Sobre este assunto, acabo de ler um livro excepcional e gostaria de recomendá-lo: My Job Went to India : 52 Ways to Save Your Job
      Message 2 of 3 , Feb 3, 2006
        Olá,

        Sobre este assunto, acabo de ler um livro excepcional e gostaria de
        recomendá-lo:

        My Job Went to India : 52 Ways to Save Your Job
        http://www.amazon.com/gp/product/0976694018/ref=pd_luc_14_lc_a2801x3_r2c3_a3_t/002-3348100-0532066?%5Fencoding=UTF8&v=glance&n=283155

        É voltado apra americanos mas vale para todo técnico comum de qualquer
        lugar. Basicamente a temática é: "você não pode competir em preço e em
        quantidade com os programadores commodity indianos. Você vai concorrer
        no quê?"

        []s

        On 2/3/06, Leonardo Ricciardi <leonardo.ricciardi@...> wrote:
        >
        > Caro Sven,
        >
        > Durante 3 anos fui Diretor Executivo da Primeira Fábrica de Software Livre
        > do Brasil - CETAD. Durante este tempo conviví com os grandes players do
        > mercado nacional de Softwares - sejam estatais ou privados. Percebí que há
        > um diferenças de interesses entre o Brasil e a India, ou até mesmo a China.
        > Acredito que tudo se resume em problema cultural. Digo isto porque fiz parte
        > desse time que decide o jogo de Desenvolvimento de Software no Brasil.
        >


        --
        Phillip Calçado
        http://www.fragmental.com.br
        ICQ: 1110nine38six5
        M$N: pcalcado@...
        Y!: pcalcado@...
        Crux Sacra Sit Mihi Lux
      • Sven Veer
        Leonardo, Mas o futuro do Brasil não é ser uma Índia, nem uma China, que prostituem seus técnicos, criando assim uma cultura de subexistência, afinal
        Message 3 of 3 , Feb 3, 2006
          Leonardo,
           
          "Mas o futuro do Brasil não é ser uma Índia, nem uma China, que prostituem seus técnicos, criando assim uma cultura de subexistência, afinal eles precisarão sempre de alguém que pense, pois desenvolver eles já sabem - aliás só sabem fazer isso."
           
          Concordo plenamente. E por isso que o modelo de CMM(i)5 funciona tao bom na India, Paquistão e China. A maioria destes povos nao sabe "pensar por si proprio". Trabalham com manual completo de "o que fazer e quando".
           
          "O Brasil não quer gerar um mercado de bodyshop para que americamos ou outro povo qualquer venha simplesmente subutilizar nossa capacidade de desenvolvimento profissional e criatividade. "
           
          Ae, eu ja nao concordo. Os irlandeses nao criaram um "body shop" tanto como nas paises mencionados acima, mas conta como pais de "outsourceing". Meu proprio pais, a holanda, e um pais prestador de servicos (nao necessariamente de informatica) por que e uma direcao que o governo escolheu. O fato de "vender" servicos nao quer dizer a mesma coisa que ser um "body shop".
           
          Pessoalmente acho que brazil, justamente por causa da criatividade podia se dar muito melhor que India/Paquistao e China.
           
          Por que somos tão bons em desenvolvimento? Acho a resposta na CRIATIVIDADE. A criatividade é um artefato barato e dominamos como nenhuma outra nação. Assim Imagine uma mistura da América com a Índia e adicione pouco da China, o que temos é o Brasil.
           
          Bom, tambem nao concordo. A criatividade dos Americanos e pessimo. Toda criatividade vem de Japao e Taiwan. Nao preciso ver a mistura com a India. Nunca falei que la e bom. So falei que la e barato. Trabalhar com indiano nao e nada facil. Nao, pelo amor de deus nao mistura nao.
           
          "Somos bons em toda a cadeia de Desenvolvimento de Softwares e não só em codificação como os Indianos e Chineses. Nossas fábricas são mais inteligentes. Nossos programadores tem que analisar também, isso porque nós jogamos nas "11 posições". "
           
          Isso e justamente uma das maiores falhas na minha opiniao aqui no brasil. Poucos empresas sabem a importancia de ter uma analista de requistos (negocios, nao tecnico) trabalhando com um arquiteto. Isso e bom pela qualidade do produto para desenvolver. Sao dois papeis completamente diferente. O analista de requisitos precisa de grandes capacidade de comunicacao e pouco tecnico. O arquiteto ja precisa muito mais habilidades tecnicos do que de comunicacao.
           
          "Atualmente sou Engenheiro de Sistemas Senior na Quality, mais uma Fábrica de Software Brasileira,  que como a FSL - CETAD, entendeu esse direcionamento natural - característica principal das fábricas brasileiras: Profissionailmo, Competência e Criatividade. "
           
          Eu posso dizer exatamente a mesma coisa ;-)
           
          "Essas características é que tem que ser exploradas pelos player do nosso setor de Exportação e Desenvolvimento de Serviços - esse é o valor agregado que faz com que o nosso valor, perante aos nossos concorrentes seja mais alto. Chamem o Duda Mendonça para tratar do Marketing do Mercado de Desenvolvimento Tecnológico Brasileiro. É uma questão de Marketing - "somos caros pois somos melhores, ou somos melhores pois somos mais caros?"  "
           
          Pois e, problema de marketing. Isso e problemo para o governo que nao mostra muito interesse neste segmento. Pode ser que somos os melhores, mas se ninguem sabe, o que vale e o preco. Acho que novembro do ano passado foi a primeira vez que o brasil estava presente numa feira importante international de software.
           
          Infelizmente, ha poucas pessoas fora do brazil que sabem da capacidade tecnica na area dos brasileiros. Para dar um exemplo. Trabalhei na BLAH (empresa da TIM). Este empresa criou um escritorio em Miami com CTO, Arquitetos, SCM etc, somente para impressionar os clientes de fora, obviamente o custo do escritorio foi igual (para 15 pessoas) que o do Rio (de 150 pessoas).
           
          Ter a capacidade e bom, mas e necessario que os outros sabem tambem. Se saber, brazil podia se dar bem pois e bem mais perto do que a India ou China. Tanto de Europa quanto da America do Norte.
           
           
           
          []´s
           
          Sven
           
          O conteúdo desta mensagem e de seus anexos é de uso restrito e confidencial

          -----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

          O conteúdo desta mensagem e de seus anexos é de uso restrito e confidencial, sendo o seu sigilo protegido por lei. Estas informações não podem ser divulgadas sem prévia autorização escrita. Se você não é o destinatário desta mensagem, ou o responsável pela sua entrega, apague-a imediatamente e avise ao remetente, respondendo a esta mensagem. Alertamos que esta mensagem transitou por rede pública de comunicação, estando, portanto, sujeita aos riscos inerentes a essa forma de comunicação. A QUALITY SOFTWARE não se responsabiliza por conclusões, opiniões, ou outras informações nesta mensagem que não tenham sido emitidas por seus integrantes.


          This e-mail and any attachments are confidential and may also be privileged. If you are not the named recipient, please notify the sender immediately and do not disclose the contents to any other person, use it for any purpose, or store or copy the information. In the event of any technical difficulty with this email, please contact the sender.  QUALITY SOFTWARE is not responsible for conclusion, opinions or any kind of information in this message that doesn’t come from our personnel.

          ----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

           

        Your message has been successfully submitted and would be delivered to recipients shortly.