Loading ...
Sorry, an error occurred while loading the content.

RE: 3ª Carta do Lobito para o Mundo

Expand Messages
  • sonia coelho
    Olá É a primeira vez que leio esta tua crónica, achei interessante os teus relatos, as tuas vivências nessa nossa querida terra, fiquei triste pela
    Message 1 of 3 , Nov 28, 2005
    • 0 Attachment
      Olá

      É a primeira vez que leio esta tua crónica, achei interessante os teus
      relatos, as tuas vivências nessa nossa querida terra, fiquei triste pela
      situação catastrófica que se encontra ainda Angola, quer pela diferença das
      classes, o fosso social que teima existir, pela ausência de medidas por
      parte do governo e das instituições que dependem claro do governo, que
      teimam em não tomar medidas urgentes para que Angola, considerado um país
      rico e um país pobre, é isso mesmo, comece finalmente a progredir
      inicialmente a nível social, que é o de mais urgente, ou seja, é urgente
      construir escolas, universidades, hospitais, casas decentes, garantir as
      necessidades básicas : saúde, casa e educação, que são os pilares básicos
      para uma sociedade poder garantir a evolução inicial de uma economia
      sustentada, enfim infelizmente há muito boa intenção que não passam de
      palavras, o importante é agir, mas não depende só de muito boa gente...
      Sabes vieram-me as lágrimas aos olhos ( e não estou a exagerar) quando
      falaste sobre as crianças de rua " Quando lhes perguntamos onde vivem
      dizem-nos que na rua, na praia. Não têm pais, ou porque já morreram ou
      porque "desapareceram"...". Enfim relatos tristes muito tristes, faz
      confusão quando colegas meus dizem que em Angola vive-se muito bem, que há
      boas oportunidades para investimento, etc, etc..., são portanto visões
      daqueles que partem em condições mínimas garantidas, estadia, a melhor
      assistência médica, bons restaurantes, bons ordenados, enfim vão ganhar a
      vida, com certeza ( e fazem muito bem), este panorama é o outro lado de
      Angola, paradoxal...
      Desde que terminei a licenciatura em Relações Internacionais que o meu
      desejo é trabalhar num projecto de cooperação e desenvolvimento que envolva
      a África : Angola, Guiné - Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe,
      Cabo-Verde..., afinal não é assim tão fácil para quem quer ajudar, no site
      da ONU, perde-se tempo numa teia de links, para preeencher o formulário de
      candidatura há um tempo limite para tantas questões, tem de se começar tudo
      de novo, enfim, vou continuar, reparei que no site da UNI Universidade
      Independente há uma pós graduação de Ajuda Humanitária Internacional, achei
      interessante..., mas cara, bom isto para comentar a tua carta que achei
      linda e faz-nos sentir saudades da nossa terra, e que esta progrida a vários
      níveis, social, económico e cultural.
      Um abraço para vocês e ao mundo
      Sónia Coelho.
    Your message has been successfully submitted and would be delivered to recipients shortly.