Loading ...
Sorry, an error occurred while loading the content.
 

Pós gradua ção em lit eraturas a fricanas

Expand Messages
  • João Olinto Trindade Junior
    Repassando... http://www.funcefet-rj.com.br/literaturas_africanas.asp
    Message 1 of 2 , Aug 1, 2013
      Repassando...

    • souindoula simao
      Um cordial abraco desde a cidade de Filippo Pigafetta. Simao SOUINDOULA Historiador e Perito da UNESCO Residencia Governo da Provincia do Zaire Tel.: 929 79 32
      Message 2 of 2 , Aug 19, 2013
        Um cordial abraco desde a cidade de Filippo Pigafetta.


        Simao SOUINDOULA
        Historiador e Perito da UNESCO
        Residencia Governo da Provincia do Zaire
        Tel.: 929 79 32 77



        in Angopresse

        19-08-2013 11:47

        Zaire
        Cultura imaterial considerada relevante para a inscrição de M'banza Kongo a Património Mundial


        M'banza Kongo - O historiador angolano Simão Souindoula considerou, em M'banza Kongo, província do Zaire, ser fundamental a afirmação do património imaterial do Reino do Kongo para a configuração do dossiê de inscrição desta cidade na lista do Património Mundial da Unesco.


        Em declarações à Angop, o vice-presidente do Comité Científico Internacional do Projecto “ Rota dos Escravos” descreveu como Património Imaterial os usos e costumes, as danças e cantos, a culinária, os rituais religiosos e funerários, a língua, os modos de ser, os sabres, as formas de expressões, entre outros.


        Explicou que a cultura intangível do povo Kongo há muito que pertence a humanidade, por estar patente nos quatro cantos do mundo, para onde foram levados os escravos provenientes do antigo Reino do Kongo.


        “ A sua importância linguística e antropológica contribuiu para a humanidade”, sublinhou o historiador.


        Simão Souindoula aponta como exemplo a dança argentina denominada “ Tango” declarada “ Património da Humanidade” pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), como tendo sido criada com base nas danças originárias do Kongo dya- Ntotela.


        “ Se o Tango foi classificado como Património da Humanidade, isto significa que o aporte Kongo também faz parte da humanidade”, concluiu.


        Aconselhou que o património imaterial local deve ser catalogado e divulgado, considerando ser uma das peças fundamentais para o projecto de inscrição de M'banza Kongo a património mundial.


        O académico está em M'banza Kongo desde quarta-feira no quadro do projecto “ M'banza Kongo, Cidade a Desenterrar para Preservar”, integrando uma delegação composta por arqueólogos e arquitectos, chefiada pela coordenadora, Sónia Domingos, para mais uma missão de trabalho.












        --------------------------------------------------------------------------------

        --------------------------------------------
        En date de : Ven 2.8.13, João Olinto Trindade Junior <joaotjr@...> a écrit :

        Objet: [Lista do C. Est. Multiculturais] Pós graduação em literaturas africanas
        À: "discriminacaoracial" <discriminacaoracial@...>, "estudosafricanos_uff" <estudosafricanos_uff@...>, "multiculturais" <multiculturais@yahoogroups.com>, "Paulo Roberto" <paulodiop@...>, "Viviane Rodrigues" <vividenzel@...>
        Date: Vendredi 2 août 2013, 0h32
















         











        Repassando...





        http://www.funcefet-rj.com.br/literaturas_africanas.asp
      Your message has been successfully submitted and would be delivered to recipients shortly.