Loading ...
Sorry, an error occurred while loading the content.

Re: [jw] Extra treina repórteres para a convergênc ia de mídias

Expand Messages
  • Nicolau Centola
    ai ai, a velha discussão. pq eu fui argumentar? hehehehe bom, já expliquei tudo que acho (mas que não necessariamente é a verdade) no meu e-mail anterior.
    Message 1 of 21 , Feb 27, 2009
    • 0 Attachment
      ai ai, a velha discussão. pq eu fui argumentar? hehehehe
      bom, já expliquei tudo que acho (mas que não necessariamente é a
      verdade) no meu e-mail anterior.
      mas valem alguns lembretes, que valem para mim, obviamente. quem pensa
      diferente, sorry:

      1. odeio sindicato e sindicalista, mas lá fora funciona
      2. todos nós aqui já passamos pelo sinal dos tempos. já aprendemos sobre isso.
      3. aliás, o sinal dos tempos já passou. faz tempo. quem não aprendeu
      já está fora ou no limbo
      4. que mal há em se valorizar? e se isso não vem em salário, que venha
      de outra forma. pq conhecimento e qualidade valem muito, em um mundo
      dominado pelos estagiários
      5. aliás, ninguém reclama de trabalhar não, a gente reclama de ser
      explorado sempre. nunca tem refresco... ehhehehe
      6. o mundo não é tão simples quanto alguns acham

      e vamos para uma cerveja, que hoje é sexta e já são quase seis horas!!
      pena que cerveja virtual não tem o mesmo sabor daquela última do
      freezer, lá embaixo... ;-)

      abs

      nico (sem maiúsculas)

      2009/2/27 Alexandre Carvalho <acarvalho@...>:
      > Em poucas palavras, a Ana resumiu tudo o que penso a respeito de quem
      > reclama por ter de lidar com novas tecnologias usando a desculpa de
      > que não ganha mais por isso.
      >
      > A ênfase da Ana em caps lock é o que melhor resume o caminho que
      > qualquer profissional, de qualquer área, deve seguir hoje em dia:
      > SINAL DOS TEMPOS. Ou embarca junto ou caia fora (ou vá trabalhar em um
      > Sindicato para espernear à vontade). Simples assim.
      >
      > Estamos no século 21, caramba! Queriam o quê? Continuar produzindo o
      > mesmo jornalismo dos anos 60 e 70, a bordo de uma Olivetti? Pois a
      > direção do Extra está é de parabéns por dar esta oportunidade aos seus
      > profissionais. Burro é quem não souber ou não quiser (o que é ainda
      > pior) aproveitá-la.
      >
      > 2009/2/27 Ana Brambilla <anabrambilla@...>:
      >
      >>
      >> De resto, ter que aprender a lidar com linguagens diferenciadas não
      >> me parece um peso, algo que me onere como funcionária de uma
      >> empresa jornalística e me deixa na condição de exigir salários
      >> maiores. (...) Mas pensa bem... que baita oportunidade esse
      >> profissional tem de crescer? A empresa também cresce, por óbvio.
      >
      >> E tudo isso não é invenção dos administradores, mas um SINAL
      >> DOS TEMPOS. Ou a gente acompanha, ou a gente tá fora.
      >
    • Alec Duarte
      Concordo com a Ana e com o Alexandre.   E o pior é que não se trata de outra coisa , mas da mesma coisa, criaturas!!   Pensar o jornalismo para diversas
      Message 2 of 21 , Feb 27, 2009
      • 0 Attachment
        Concordo com a Ana e com o Alexandre.
         
        E o pior é que não se trata de "outra coisa", mas da mesma coisa, criaturas!!
         
        Pensar o jornalismo para diversas plataformas (e que complementos multimídia uma matéria pode ter para informar melhor o seu leitor) é absolutamente o mesmo trabalho.
         
        Antes, quando só havia papel, fazia-se só papel. Agora, se você só pensa em papel, desculpe, mas foi atropelado por bilhões de pessoas.


        --- Em sex, 27/2/09, Alexandre Carvalho <acarvalho@...> escreveu:

        De: Alexandre Carvalho <acarvalho@...>
        Assunto: Re: [jw] Extra treina repórteres para a convergência de mídias
        Para: jornalistasdaweb@yahoogroups.com
        Data: Sexta-feira, 27 de Fevereiro de 2009, 17:10






        Em poucas palavras, a Ana resumiu tudo o que penso a respeito de quem
        reclama por ter de lidar com novas tecnologias usando a desculpa de
        que não ganha mais por isso.

        A ênfase da Ana em caps lock é o que melhor resume o caminho que
        qualquer profissional, de qualquer área, deve seguir hoje em dia:
        SINAL DOS TEMPOS. Ou embarca junto ou caia fora (ou vá trabalhar em um
        Sindicato para espernear à vontade). Simples assim.

        Estamos no século 21, caramba! Queriam o quê? Continuar produzindo o
        mesmo jornalismo dos anos 60 e 70, a bordo de uma Olivetti? Pois a
        direção do Extra está é de parabéns por dar esta oportunidade aos seus
        profissionais. Burro é quem não souber ou não quiser (o que é ainda
        pior) aproveitá-la.

        2009/2/27 Ana Brambilla <anabrambilla@ gmail.com>:
        >
        > De resto, ter que aprender a lidar com linguagens diferenciadas não
        > me parece um peso, algo que me onere como funcionária de uma
        > empresa jornalística e me deixa na condição de exigir salários
        > maiores. (...) Mas pensa bem... que baita oportunidade esse
        > profissional tem de crescer? A empresa também cresce, por óbvio.

        > E tudo isso não é invenção dos administradores, mas um SINAL
        > DOS TEMPOS. Ou a gente acompanha, ou a gente tá fora.
















        Veja quais são os assuntos do momento no Yahoo! +Buscados
        http://br.maisbuscados.yahoo.com

        [Non-text portions of this message have been removed]
      • Alexandre Carvalho
        ... Mas que pensamento retrógrado! Isto se chama atualização! O profissional de jornalismo que ainda acha que o trabalho dele é apenas escrever e entender
        Message 3 of 21 , Mar 2 6:19 AM
        • 0 Attachment
          2009/2/27 gilberto-comunicativa <gilberto@...>:
          >
          > Ana, sou  novamente levado a discordar. Uma coisa é uma coisa
          > outra coisa é outra coisa. Ainda que façam tudo dentro da mesma
          > jornada, o profissional está fazendo mais do que fazia e, portanto,
          > é passível de exigir remuneração compatível.

          Mas que pensamento retrógrado! Isto se chama atualização! O
          profissional de jornalismo que ainda acha que o trabalho dele é apenas
          escrever e entender apenas disso está caminhando cada vez mais rápido
          para o limbo. Em pouco tempo, transforma-se (merecidamente) em objeto
          de decoração, obsoleto e incapacidado para o mercado. Simples assim.


          > Vc diz que não sobrecarrega ninguém... que apenas fez com que
          > transitassem pelas várias linguagens... Isto significa ser
          > necessário dominar todas elas com capacidade o que só é
          > possível exigindo de cada profissional esforço muito maior,
          > psicológico e até mesmo físico (...)

          Já ouviu falar na famosa frase "No pain, no gain"? Nada vem de graça.
          Muito menos a atualização profissional.


          >  ----- Original Message -----
          >  From: Ana Brambilla
          >  To: jornalistasdaweb@yahoogroups.com
          >  Sent: Thursday, February 26, 2009 10:57 PM
          >  Subject: Re: [jw] Extra treina repórteres para a convergência de mídias
          >
          >
          >  Mais ou menos simples, Gilberto.
          >  Essa idéia de que jornalista multimídia devia ganhar mais por produzir
          >  conteúdo em outras linguagens é uma discussão superada.
          >  As redações que integraram as equipes de produção em múltiplas
          >  plataformas não provocaram sobrecarga nas jornadas de trabalho. Isso
          >  aconteceu muito claramente no Daily Telegraph.
          >
          >  O pessoal que só escrevia pro jornal passou a produzir vídeos,
          >  projetar infográficos, fazer fotos. EM COMPENSAÇÃO, a galera que antes
          >  era só do site passou a produzir matérias pro jornal também. Isso não
          >  sobrecarregou ninguém e fez com que todos transitassem pelas várias
          >  linguagens.
          >
          >  A parte "curiosa" foi que essa galera do site sentiu dificuldade em
          >  escrever textos mais longos e interpretativos, tal como o DT impresso
          >  exigia.
          >
          >  História contada pela minha ex-chefe, Fabiana Zanni, que passou um
          >  tempo na redação do DT em julho de 2007.
          >
          >  abraços,
          >  Ana
        • Alexandre Carvalho
          Olha que não, hein! Já conheci muita gente que está nesse mercado há anos e só enrola, apenas para garantir o dindin todo mês. A nova geração tem
          Message 4 of 21 , Mar 2 6:28 AM
          • 0 Attachment
            Olha que não, hein! Já conheci muita gente que está nesse mercado há
            anos e só enrola, apenas para garantir o dindin todo mês. A nova
            geração tem muitos casos assim.

            E outra: tem muita gente que se aproveita dessa questão da exploração
            até quando ela não acontece, só para ter uma desculpa para bater o pé
            justificar o pedido de aumento de salário, mesmo que esteja nítido e
            claro que a empresa está investindo no desenvolvimento do
            profissional.


            2009/2/27 Nicolau Centola <centola.nicolau@...>:
            > Olá Ana,
            >
            > A gente trabalha, gosta de trabalhar e não tem medo do novo. Mas
            > também a gente não é palhaço. Não precisa ser aumento, basta
            > reconhecimento. Desculpe o desabafo.
          • gilberto-comunicativa
            Não trabalho de graça e acho que ninguém deve fazê-lo. E já que vc pode chamar de retrógrado, posso dizer que acho um tremendo BABACA quem aceita
            Message 5 of 21 , Mar 2 6:43 AM
            • 0 Attachment
              Não trabalho de graça e acho que ninguém deve fazê-lo.
              E já que vc pode chamar de retrógrado, posso dizer que acho um tremendo BABACA quem aceita trabalhar mais sem que isto reflita na sua remuneração!
              Como disse uma coisa é uma coisa outra coisa é outra coisa. Quando mais capaz eu sou, mais tem que valer o meu trabalho!
              abs
              gilberto

              ----- Original Message -----
              From: Alexandre Carvalho
              To: jornalistasdaweb@yahoogroups.com
              Sent: Monday, March 02, 2009 11:19 AM
              Subject: Re: [jw] Extra treina repórteres para a convergência de mídias


              2009/2/27 gilberto-comunicativa <gilberto@...>:
              >
              > Ana, sou novamente levado a discordar. Uma coisa é uma coisa
              > outra coisa é outra coisa. Ainda que façam tudo dentro da mesma
              > jornada, o profissional está fazendo mais do que fazia e, portanto,
              > é passível de exigir remuneração compatível.

              Mas que pensamento retrógrado! Isto se chama atualização! O
              profissional de jornalismo que ainda acha que o trabalho dele é apenas
              escrever e entender apenas disso está caminhando cada vez mais rápido
              para o limbo. Em pouco tempo, transforma-se (merecidamente) em objeto
              de decoração, obsoleto e incapacidado para o mercado. Simples assim.

              > Vc diz que não sobrecarrega ninguém... que apenas fez com que
              > transitassem pelas várias linguagens... Isto significa ser
              > necessário dominar todas elas com capacidade o que só é
              > possível exigindo de cada profissional esforço muito maior,
              > psicológico e até mesmo físico (...)

              Já ouviu falar na famosa frase "No pain, no gain"? Nada vem de graça.
              Muito menos a atualização profissional.

              > ----- Original Message -----
              > From: Ana Brambilla
              > To: jornalistasdaweb@yahoogroups.com
              > Sent: Thursday, February 26, 2009 10:57 PM
              > Subject: Re: [jw] Extra treina repórteres para a convergência de mídias
              >
              >
              > Mais ou menos simples, Gilberto.
              > Essa idéia de que jornalista multimídia devia ganhar mais por produzir
              > conteúdo em outras linguagens é uma discussão superada.
              > As redações que integraram as equipes de produção em múltiplas
              > plataformas não provocaram sobrecarga nas jornadas de trabalho. Isso
              > aconteceu muito claramente no Daily Telegraph.
              >
              > O pessoal que só escrevia pro jornal passou a produzir vídeos,
              > projetar infográficos, fazer fotos. EM COMPENSAÇÃO, a galera que antes
              > era só do site passou a produzir matérias pro jornal também. Isso não
              > sobrecarregou ninguém e fez com que todos transitassem pelas várias
              > linguagens.
              >
              > A parte "curiosa" foi que essa galera do site sentiu dificuldade em
              > escrever textos mais longos e interpretativos, tal como o DT impresso
              > exigia.
              >
              > História contada pela minha ex-chefe, Fabiana Zanni, que passou um
              > tempo na redação do DT em julho de 2007.
              >
              > abraços,
              > Ana



              [Non-text portions of this message have been removed]
            • ivoneide souto
              Parabéns!!! To: jornalistasdaweb@yahoogroups.com From: acarvalho@gmail.com Date: Mon, 2 Mar 2009 11:28:39 -0300 Subject: Re: [jw] Extra treina repórteres
              Message 6 of 21 , Mar 2 6:48 AM
              • 0 Attachment
                Parabéns!!!



                To: jornalistasdaweb@yahoogroups.com
                From: acarvalho@...
                Date: Mon, 2 Mar 2009 11:28:39 -0300
                Subject: Re: [jw] Extra treina repórteres para a convergência de mídias





                Olha que não, hein! Já conheci muita gente que está nesse mercado há
                anos e só enrola, apenas para garantir o dindin todo mês. A nova
                geração tem muitos casos assim.

                E outra: tem muita gente que se aproveita dessa questão da exploração
                até quando ela não acontece, só para ter uma desculpa para bater o pé
                justificar o pedido de aumento de salário, mesmo que esteja nítido e
                claro que a empresa está investindo no desenvolvimento do
                profissional.

                2009/2/27 Nicolau Centola <centola.nicolau@...>:
                > Olá Ana,
                >
                > A gente trabalha, gosta de trabalhar e não tem medo do novo. Mas
                > também a gente não é palhaço. Não precisa ser aumento, basta
                > reconhecimento. Desculpe o desabafo.








                _________________________________________________________________
                Windows Live Messenger. O melhor em multitarefa.
                http://www.microsoft.com/windows/windowslive/products/messenger.aspx

                [Non-text portions of this message have been removed]
              • Nicolau Centola
                Bom Alexandre, eu falo por mim... trabalhar pra mim nunca foi problema. Mas concordo com vc que o que tem de gente encostada no mundo... hehehehe abs
                Message 7 of 21 , Mar 2 8:59 AM
                • 0 Attachment
                  Bom Alexandre, eu falo por mim... trabalhar pra mim nunca foi
                  problema. Mas concordo com vc que o que tem de gente encostada no
                  mundo... hehehehe

                  abs

                  2009/3/2 Alexandre Carvalho <acarvalho@...>:
                  > Olha que não, hein! Já conheci muita gente que está nesse mercado há
                  > anos e só enrola, apenas para garantir o dindin todo mês. A nova
                  > geração tem muitos casos assim.
                  >
                  > E outra: tem muita gente que se aproveita dessa questão da exploração
                  > até quando ela não acontece, só para ter uma desculpa para bater o pé
                  > justificar o pedido de aumento de salário, mesmo que esteja nítido e
                  > claro que a empresa está investindo no desenvolvimento do
                  > profissional.
                  >
                  > 2009/2/27 Nicolau Centola <centola.nicolau@...>:
                  >> Olá Ana,
                  >>
                  >> A gente trabalha, gosta de trabalhar e não tem medo do novo. Mas
                  >> também a gente não é palhaço. Não precisa ser aumento, basta
                  >> reconhecimento. Desculpe o desabafo.
                  >
                • Alexandre Carvalho
                  Trabalhar mais = Mais horas de trabalho do que o normal O fato de alguém passar a usar mais ferramentas ou ter de se atualizar para executar seu trabalho não
                  Message 8 of 21 , Mar 2 3:56 PM
                  • 0 Attachment
                    Trabalhar mais = Mais horas de trabalho do que o normal

                    O fato de alguém passar a usar mais ferramentas ou ter de se atualizar para
                    executar seu trabalho não significa que um profissional esteja trabalhando
                    mais do que o necessário.

                    Alexandre Carvalho
                    Almanaque da Fórmula-1
                    http://www.almanaquedaformula1.com.br




                    ----- Original Message -----
                    From: "gilberto-comunicativa" <gilberto@...>
                    To: <jornalistasdaweb@yahoogroups.com>
                    Sent: Monday, March 02, 2009 11:43 AM
                    Subject: Re: [jw] Extra treina repórteres para a convergência de mídias


                    Não trabalho de graça e acho que ninguém deve fazê-lo.
                    E já que vc pode chamar de retrógrado, posso dizer que acho um tremendo
                    BABACA quem aceita trabalhar mais sem que isto reflita na sua remuneração!
                    Como disse uma coisa é uma coisa outra coisa é outra coisa. Quando mais
                    capaz eu sou, mais tem que valer o meu trabalho!
                    abs
                    gilberto

                    ----- Original Message -----
                    From: Alexandre Carvalho
                    To: jornalistasdaweb@yahoogroups.com
                    Sent: Monday, March 02, 2009 11:19 AM
                    Subject: Re: [jw] Extra treina repórteres para a convergência de mídias


                    2009/2/27 gilberto-comunicativa <gilberto@...>:
                    >
                    > Ana, sou novamente levado a discordar. Uma coisa é uma coisa
                    > outra coisa é outra coisa. Ainda que façam tudo dentro da mesma
                    > jornada, o profissional está fazendo mais do que fazia e, portanto,
                    > é passível de exigir remuneração compatível.

                    Mas que pensamento retrógrado! Isto se chama atualização! O
                    profissional de jornalismo que ainda acha que o trabalho dele é apenas
                    escrever e entender apenas disso está caminhando cada vez mais rápido
                    para o limbo. Em pouco tempo, transforma-se (merecidamente) em objeto
                    de decoração, obsoleto e incapacidado para o mercado. Simples assim.

                    > Vc diz que não sobrecarrega ninguém... que apenas fez com que
                    > transitassem pelas várias linguagens... Isto significa ser
                    > necessário dominar todas elas com capacidade o que só é
                    > possível exigindo de cada profissional esforço muito maior,
                    > psicológico e até mesmo físico (...)

                    Já ouviu falar na famosa frase "No pain, no gain"? Nada vem de graça.
                    Muito menos a atualização profissional.

                    > ----- Original Message -----
                    > From: Ana Brambilla
                    > To: jornalistasdaweb@yahoogroups.com
                    > Sent: Thursday, February 26, 2009 10:57 PM
                    > Subject: Re: [jw] Extra treina repórteres para a convergência de mídias
                    >
                    >
                    > Mais ou menos simples, Gilberto.
                    > Essa idéia de que jornalista multimídia devia ganhar mais por produzir
                    > conteúdo em outras linguagens é uma discussão superada.
                    > As redações que integraram as equipes de produção em múltiplas
                    > plataformas não provocaram sobrecarga nas jornadas de trabalho. Isso
                    > aconteceu muito claramente no Daily Telegraph.
                    >
                    > O pessoal que só escrevia pro jornal passou a produzir vídeos,
                    > projetar infográficos, fazer fotos. EM COMPENSAÇÃO, a galera que antes
                    > era só do site passou a produzir matérias pro jornal também. Isso não
                    > sobrecarregou ninguém e fez com que todos transitassem pelas várias
                    > linguagens.
                    >
                    > A parte "curiosa" foi que essa galera do site sentiu dificuldade em
                    > escrever textos mais longos e interpretativos, tal como o DT impresso
                    > exigia.
                    >
                    > História contada pela minha ex-chefe, Fabiana Zanni, que passou um
                    > tempo na redação do DT em julho de 2007.
                    >
                    > abraços,
                    > Ana



                    [Non-text portions of this message have been removed]



                    ------------------------------------

                    -----------------------------------------------------------

                    JW - Jornalistas da Web
                    http://www.jornalistasdaweb.com.br

                    Para assinar: jornalistasdaweb-subscribe@yahoogroups.com
                    Para cancelar: jornalistasdaweb-unsubscribe@yahoogroups.com
                    Contato com os administradores: admin@...

                    Pasta de arquivos: http://groups.yahoo.com/group/jornalistasdaweb/files
                    Pasta de links: http://groups.yahoo.com/group/jornalistasdaweb/links
                    Netiqueta da lista: http://www.jornalistasdaweb.com.br/netiqueta
                    Comunidade do JW no Orkut: http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=22561589

                    Yahoo! Groups Links
                  • gilberto-comunicativa
                    Essa história de trabalhar mais é IGUAL a mais horas de trabalho que o normal é BALELA! Quando há necessidade o jornalista profissional trabalha muita
                    Message 9 of 21 , Mar 3 3:45 AM
                    • 0 Attachment
                      Essa história de trabalhar mais é IGUAL a mais horas de trabalho que o normal é BALELA!

                      Quando há necessidade o jornalista profissional trabalha muita além de sua jornada.

                      Ora, se o dono da empresa vai mandar embora o fotógrafo e eu vou passar a fazer, dentro da minha jornada, o que fazia o fotógrafo, não dá pra deixar de graça pro patrão.

                      Não tem mais hora trabalhada, tem mais trabalho!

                      E se tem mais trabalho, tem mais remuneração ou...

                      bye
                      abs
                      Gilberto


                      ----- Original Message -----
                      From: Alexandre Carvalho
                      To: jornalistasdaweb@yahoogroups.com
                      Sent: Monday, March 02, 2009 8:56 PM
                      Subject: Re: [jw] Extra treina repórteres para a convergência de mídias


                      Trabalhar mais = Mais horas de trabalho do que o normal

                      O fato de alguém passar a usar mais ferramentas ou ter de se atualizar para
                      executar seu trabalho não significa que um profissional esteja trabalhando
                      mais do que o necessário.

                      Alexandre Carvalho
                      Almanaque da Fórmula-1
                      http://www.almanaquedaformula1.com.br

                      ----- Original Message -----
                      From: "gilberto-comunicativa" <gilberto@...>
                      To: <jornalistasdaweb@yahoogroups.com>
                      Sent: Monday, March 02, 2009 11:43 AM
                      Subject: Re: [jw] Extra treina repórteres para a convergência de mídias

                      Não trabalho de graça e acho que ninguém deve fazê-lo.
                      E já que vc pode chamar de retrógrado, posso dizer que acho um tremendo
                      BABACA quem aceita trabalhar mais sem que isto reflita na sua remuneração!
                      Como disse uma coisa é uma coisa outra coisa é outra coisa. Quando mais
                      capaz eu sou, mais tem que valer o meu trabalho!
                      abs
                      gilberto

                      ----- Original Message -----
                      From: Alexandre Carvalho
                      To: jornalistasdaweb@yahoogroups.com
                      Sent: Monday, March 02, 2009 11:19 AM
                      Subject: Re: [jw] Extra treina repórteres para a convergência de mídias

                      2009/2/27 gilberto-comunicativa <gilberto@...>:
                      >
                      > Ana, sou novamente levado a discordar. Uma coisa é uma coisa
                      > outra coisa é outra coisa. Ainda que façam tudo dentro da mesma
                      > jornada, o profissional está fazendo mais do que fazia e, portanto,
                      > é passível de exigir remuneração compatível.

                      Mas que pensamento retrógrado! Isto se chama atualização! O
                      profissional de jornalismo que ainda acha que o trabalho dele é apenas
                      escrever e entender apenas disso está caminhando cada vez mais rápido
                      para o limbo. Em pouco tempo, transforma-se (merecidamente) em objeto
                      de decoração, obsoleto e incapacidado para o mercado. Simples assim.

                      > Vc diz que não sobrecarrega ninguém... que apenas fez com que
                      > transitassem pelas várias linguagens... Isto significa ser
                      > necessário dominar todas elas com capacidade o que só é
                      > possível exigindo de cada profissional esforço muito maior,
                      > psicológico e até mesmo físico (...)

                      Já ouviu falar na famosa frase "No pain, no gain"? Nada vem de graça.
                      Muito menos a atualização profissional.

                      > ----- Original Message -----
                      > From: Ana Brambilla
                      > To: jornalistasdaweb@yahoogroups.com
                      > Sent: Thursday, February 26, 2009 10:57 PM
                      > Subject: Re: [jw] Extra treina repórteres para a convergência de mídias
                      >
                      >
                      > Mais ou menos simples, Gilberto.
                      > Essa idéia de que jornalista multimídia devia ganhar mais por produzir
                      > conteúdo em outras linguagens é uma discussão superada.
                      > As redações que integraram as equipes de produção em múltiplas
                      > plataformas não provocaram sobrecarga nas jornadas de trabalho. Isso
                      > aconteceu muito claramente no Daily Telegraph.
                      >
                      > O pessoal que só escrevia pro jornal passou a produzir vídeos,
                      > projetar infográficos, fazer fotos. EM COMPENSAÇÃO, a galera que antes
                      > era só do site passou a produzir matérias pro jornal também. Isso não
                      > sobrecarregou ninguém e fez com que todos transitassem pelas várias
                      > linguagens.
                      >
                      > A parte "curiosa" foi que essa galera do site sentiu dificuldade em
                      > escrever textos mais longos e interpretativos, tal como o DT impresso
                      > exigia.
                      >
                      > História contada pela minha ex-chefe, Fabiana Zanni, que passou um
                      > tempo na redação do DT em julho de 2007.
                      >
                      > abraços,
                      > Ana

                      [Non-text portions of this message have been removed]

                      ------------------------------------

                      ----------------------------------------------------------

                      JW - Jornalistas da Web
                      http://www.jornalistasdaweb.com.br

                      Para assinar: jornalistasdaweb-subscribe@yahoogroups.com
                      Para cancelar: jornalistasdaweb-unsubscribe@yahoogroups.com
                      Contato com os administradores: admin@...

                      Pasta de arquivos: http://groups.yahoo.com/group/jornalistasdaweb/files
                      Pasta de links: http://groups.yahoo.com/group/jornalistasdaweb/links
                      Netiqueta da lista: http://www.jornalistasdaweb.com.br/netiqueta
                      Comunidade do JW no Orkut: http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=22561589

                      Yahoo! Groups Links




                      [Non-text portions of this message have been removed]
                    • Alexandre Carvalho
                      Hehehe. Alexandre Carvalho Almanaque da Fórmula-1 http://www.almanaquedaformula1.com.br ... From: gilberto-comunicativa To:
                      Message 10 of 21 , Mar 4 5:46 PM
                      • 0 Attachment
                        Hehehe.

                        Alexandre Carvalho
                        Almanaque da Fórmula-1
                        http://www.almanaquedaformula1.com.br




                        ----- Original Message -----
                        From: "gilberto-comunicativa" <gilberto@...>
                        To: <jornalistasdaweb@yahoogroups.com>
                        Sent: Tuesday, March 03, 2009 8:45 AM
                        Subject: Re: [jw] Extra treina repórteres para a convergência de mídias


                        Essa história de trabalhar mais é IGUAL a mais horas de trabalho que o
                        normal é BALELA!

                        Quando há necessidade o jornalista profissional trabalha muita além de sua
                        jornada.

                        Ora, se o dono da empresa vai mandar embora o fotógrafo e eu vou passar a
                        fazer, dentro da minha jornada, o que fazia o fotógrafo, não dá pra deixar
                        de graça pro patrão.

                        Não tem mais hora trabalhada, tem mais trabalho!

                        E se tem mais trabalho, tem mais remuneração ou...

                        bye
                        abs
                        Gilberto


                        ----- Original Message -----
                        From: Alexandre Carvalho
                        To: jornalistasdaweb@yahoogroups.com
                        Sent: Monday, March 02, 2009 8:56 PM
                        Subject: Re: [jw] Extra treina repórteres para a convergência de mídias


                        Trabalhar mais = Mais horas de trabalho do que o normal

                        O fato de alguém passar a usar mais ferramentas ou ter de se atualizar
                        para
                        executar seu trabalho não significa que um profissional esteja trabalhando
                        mais do que o necessário.

                        Alexandre Carvalho
                        Almanaque da Fórmula-1
                        http://www.almanaquedaformula1.com.br

                        ----- Original Message -----
                        From: "gilberto-comunicativa" <gilberto@...>
                        To: <jornalistasdaweb@yahoogroups.com>
                        Sent: Monday, March 02, 2009 11:43 AM
                        Subject: Re: [jw] Extra treina repórteres para a convergência de mídias

                        Não trabalho de graça e acho que ninguém deve fazê-lo.
                        E já que vc pode chamar de retrógrado, posso dizer que acho um tremendo
                        BABACA quem aceita trabalhar mais sem que isto reflita na sua remuneração!
                        Como disse uma coisa é uma coisa outra coisa é outra coisa. Quando mais
                        capaz eu sou, mais tem que valer o meu trabalho!
                        abs
                        gilberto

                        ----- Original Message -----
                        From: Alexandre Carvalho
                        To: jornalistasdaweb@yahoogroups.com
                        Sent: Monday, March 02, 2009 11:19 AM
                        Subject: Re: [jw] Extra treina repórteres para a convergência de mídias

                        2009/2/27 gilberto-comunicativa <gilberto@...>:
                        >
                        > Ana, sou novamente levado a discordar. Uma coisa é uma coisa
                        > outra coisa é outra coisa. Ainda que façam tudo dentro da mesma
                        > jornada, o profissional está fazendo mais do que fazia e, portanto,
                        > é passível de exigir remuneração compatível.

                        Mas que pensamento retrógrado! Isto se chama atualização! O
                        profissional de jornalismo que ainda acha que o trabalho dele é apenas
                        escrever e entender apenas disso está caminhando cada vez mais rápido
                        para o limbo. Em pouco tempo, transforma-se (merecidamente) em objeto
                        de decoração, obsoleto e incapacidado para o mercado. Simples assim.

                        > Vc diz que não sobrecarrega ninguém... que apenas fez com que
                        > transitassem pelas várias linguagens... Isto significa ser
                        > necessário dominar todas elas com capacidade o que só é
                        > possível exigindo de cada profissional esforço muito maior,
                        > psicológico e até mesmo físico (...)

                        Já ouviu falar na famosa frase "No pain, no gain"? Nada vem de graça.
                        Muito menos a atualização profissional.

                        > ----- Original Message -----
                        > From: Ana Brambilla
                        > To: jornalistasdaweb@yahoogroups.com
                        > Sent: Thursday, February 26, 2009 10:57 PM
                        > Subject: Re: [jw] Extra treina repórteres para a convergência de mídias
                        >
                        >
                        > Mais ou menos simples, Gilberto.
                        > Essa idéia de que jornalista multimídia devia ganhar mais por produzir
                        > conteúdo em outras linguagens é uma discussão superada.
                        > As redações que integraram as equipes de produção em múltiplas
                        > plataformas não provocaram sobrecarga nas jornadas de trabalho. Isso
                        > aconteceu muito claramente no Daily Telegraph.
                        >
                        > O pessoal que só escrevia pro jornal passou a produzir vídeos,
                        > projetar infográficos, fazer fotos. EM COMPENSAÇÃO, a galera que antes
                        > era só do site passou a produzir matérias pro jornal também. Isso não
                        > sobrecarregou ninguém e fez com que todos transitassem pelas várias
                        > linguagens.
                        >
                        > A parte "curiosa" foi que essa galera do site sentiu dificuldade em
                        > escrever textos mais longos e interpretativos, tal como o DT impresso
                        > exigia.
                        >
                        > História contada pela minha ex-chefe, Fabiana Zanni, que passou um
                        > tempo na redação do DT em julho de 2007.
                        >
                        > abraços,
                        > Ana

                        [Non-text portions of this message have been removed]

                        ------------------------------------

                        ----------------------------------------------------------

                        JW - Jornalistas da Web
                        http://www.jornalistasdaweb.com.br

                        Para assinar: jornalistasdaweb-subscribe@yahoogroups.com
                        Para cancelar: jornalistasdaweb-unsubscribe@yahoogroups.com
                        Contato com os administradores: admin@...

                        Pasta de arquivos: http://groups.yahoo.com/group/jornalistasdaweb/files
                        Pasta de links: http://groups.yahoo.com/group/jornalistasdaweb/links
                        Netiqueta da lista: http://www.jornalistasdaweb.com.br/netiqueta
                        Comunidade do JW no Orkut:
                        http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=22561589

                        Yahoo! Groups Links




                        [Non-text portions of this message have been removed]



                        ------------------------------------

                        -----------------------------------------------------------

                        JW - Jornalistas da Web
                        http://www.jornalistasdaweb.com.br

                        Para assinar: jornalistasdaweb-subscribe@yahoogroups.com
                        Para cancelar: jornalistasdaweb-unsubscribe@yahoogroups.com
                        Contato com os administradores: admin@...

                        Pasta de arquivos: http://groups.yahoo.com/group/jornalistasdaweb/files
                        Pasta de links: http://groups.yahoo.com/group/jornalistasdaweb/links
                        Netiqueta da lista: http://www.jornalistasdaweb.com.br/netiqueta
                        Comunidade do JW no Orkut: http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=22561589

                        Yahoo! Groups Links
                      Your message has been successfully submitted and would be delivered to recipients shortly.