Loading ...
Sorry, an error occurred while loading the content.

Re: [jw] Que jornalismo é esse? (Era: Se minário de Jornalismo Online de Moda)

Expand Messages
  • Tiago Cordeiro Ferreira
    Segmentação existe no momento em que há leitores interessados em uma cobertura mais aprofundada. Isso não é possível sem alguém que trabalha algum tempo
    Message 1 of 26 , Jan 2, 2009
    • 0 Attachment
      Segmentação existe no momento em que há leitores interessados em uma cobertura mais aprofundada. Isso não é possível sem alguém que trabalha algum tempo na área, tenha fontes no segmento e por aí vai.

      Daí, o cara só saber fazer aquilo são outros 500.

      O jornalismo de moda não obedece a outros parâmetros do bom jornalismo, mas o repórter de moda vai entender mais de moda do que o repórter de cultura. Não é segmentação do profissional, mas da cobertura.

      Abs,
      Tiago
      Bruna Araujo Feres <brunatlc@...> escreveu: O fato é que a moda acontece! Direta ou indiretamente causa algum impacto na vida das pessoas.

      A moda é também uma forma de expressão. Assim como a música, a literatura, as artes plásticas, etc. A moda reflete a sociedade como tantas outras coisas e não podemos ignorar isto.

      E se não deve haver segmentação no jornalismo, qual é o único assunto que devemos cobrir???

      Abs

      Bruna

      --- Em ter, 28/10/08, Daniel Bender <danielbender@...> escreveu:

      2008/10/28 gilberto-comunicati va <gilberto@clicknotic ia.com.br>

      > Ginecológico é abusrdo pra vc? Moda é pra mim.
      > abs
      > Gilberto
      >
      >
      > ----- Original Message -----
      > From: Alexandre Carvalho
      > To: jornalistasdaweb@ yahoogroups. com <jornalistasdaweb% 40yahoogroups. com>
      > Sent: Tuesday, October 28, 2008 11:25 AM
      > Subject: Re: [jw] Que jornalismo é esse? (Era: Seminário de Jornalismo
      > Online de Moda)
      >
      > Em 28/10/08, gilberto-comunicati va<gilberto@clicknotic ia.com.br<gilberto%40clickno ticia.com. br>>
      > escreveu:
      > >
      > > Já coloquei aqui para refletir: se pode existir jornalismo de moda, pode
      > existir
      > > jornalismo ginecológico e jornalismo urológico? Não sou contra a
      > segmentação
      > > de mercado. Sou contra a segmentação do jornalismo.
      >
      > Tirando o jornalismo de moda, você está usando exemplos absurdos. Use
      > outros. O que você pensa, por exemplo, de quem escreve sobre esportes?
      > E sobre quem é especializado em automobilismo, como o Reginaldo Leme?
      > Na sua opinião, ele não é jornalista? E quem escreve sobre tecnologia
      > ou gastronomia? Nada disso é considerado jornalismo para você?
      >
      > > Mais ainda desafio quem quiser na lista a checar a capacidade um
      > jornalista
      > > profissional produzir uma revista de moda. E estou pronto para encarar o
      > > desafio, sem ententer absolutamente nada de moda, se alguém topar bancar
      > o
      > > projeto.
      >
      > Você pode até tentar, mas não vai conseguir. É a mesma coisa que pedir
      > para um jornalista especializado em futebol querer se meter a escrever
      > ou comentar sobre automobilismo ou basquete, caso ele não conheça o
      > assunto. Não funciona. Te dou como melhor exemplo o Juca Kfouri, que
      > quando se mete a falar sobre Fórmula-1 na CBN só produz asneira.
      >
      > Por que você acha que o Nélson Piquet tirava um sarro de boa parte dos
      > jornalistas que o entrevistavam? Porque ele é antipático (lenda que a
      > Globo e as viúvas do Ayrton Senna criaram, diga-se de passagem)? Não.
      > Era porque os veículos só mandavam especialistas em futebol para
      > cobrir automobilismo. E dá-lhe perguntas imbecis, como: "E aí, Piquet!
      > Vai correr para ganhar hoje?". A resposta vinha no tom certo: "Não.
      > Hoje vou fazer de tudo para chegar em nono lugar."
      >
      > Se quer entrar para o mundo da moda como jornalista especializado,
      > tente. Mas garanto que você levará vários tombos antes de acertar o
      > passo. Não pense que a coisa é tão fácil quanto você imagina, meu
      > caro.
      >
      > > Agora duvido que um produtor de moda (pelo menos a grande maioria) seja
      > > capaz de fazer uma revista jornalística que não seja de moda.
      >
      > Já ouviu falar no Glamurama? Sabia que a Joyce Pascowitch, comandante
      > do negócio (bem-sucedido, vale lembrar), sequer tem um diploma na
      > área?
      >
      > [Non-text portions of this message have been removed]
      >
      >
      >

      --
      Só sei que nada sei e ninguém tem nada a ver com isso.
      http://www.benderbl og.com/
      http://www.goitaca com/

      [Non-text portions of this message have been removed]

      Novos endereços, o Yahoo! que você conhece. Crie um email novo com a sua cara @... ou @....
      http://br.new.mail.yahoo.com/addresses

      [Non-text portions of this message have been removed]






      ---------------------------------
      Veja quais são os assuntos do momento no Yahoo! + Buscados: Top 10 - Celebridades - Música - Esportes

      [Non-text portions of this message have been removed]
    Your message has been successfully submitted and would be delivered to recipients shortly.