Loading ...
Sorry, an error occurred while loading the content.
 

Re: [emacs-br] Xemacs em modo texto

Expand Messages
  • Hildebrando Rosa Júnior
    ... A muito o GNUEmacs teve que ser reescrito o seu interpretador LISP(por questões de licensa -- foi daí que Stallman pensou a GPL). Então houve uma
    Message 1 of 7 , Aug 31, 2001
      Cláudio Sampaio (Patola) wrote:
      > Perguntinha básica: alguém sabe se há algum emacs lisp script
      > ou qualquer coisa que o valha, ou algum recurso escondido, que faça aparecer
      > os menus pull-down do emacs ou xemacs em modo texto mesmo?

      A muito o GNUEmacs teve que ser reescrito o seu interpretador LISP(por
      questões de licensa -- foi daí que Stallman pensou a GPL). Então houve uma
      inegável tendência em se adicionar suporte apenas às versões para o X Window
      Sytem -- Isso ocorreu por volta da versão 19.x.

      Houve quem discordasse deste "Melhor suporte ao X" (por achá-lo insuficiente)
      e se "criou" uma versão com recursos mais modernos de GUI baseado numa versão
      comercial -- surgiu então o Xemacs -- que é grátis.

      Então o GNUEmacs passou a não ter vários recursos na versão console, que estão
      presentes na versão X Window. E como é de se esperar o Xemacs não muda isso.

      Um dos 'features' ausente mais notado é o 'syntax highlighting'. Apenas a
      versão DOS tem esta capacidade em modo console.

      > E também um script/modo que dê ao emacs um syntax highlighting
      > de C/C++ tão bom e completo quanto o do vim?

      Outra característica "filosófica" do Emacs é não abusar das cores, tanto que a
      opção de destacar a síntaxe não está habilitada por omissão como no VIM. Por
      isso vc está estranhando a ausência de cores no Emacs. Mas felizmente vc pode
      com certa facilidade modificar isso pelo modo 'customize' adiconando novas
      palavras chave ou alterando a cor como desejar. Salve isso no seu $HOME/.emacs
      e pronto!

      Meu .emacs é bastante estenso e já está comigo desde '98.

      PS: com certeza houve algumas omissões e "inverdades" nesse pequeno relato da
      evolução do Emacs, mas a idéia foi simplificar e tentar explicar.

      Agradeço quaiquer correções ;-)

      >
      > []s,
      >



      --
      "Quem pergunta é bobo por cinco minutos. Quem não pergunta é bobo para sempre.
      -- Confúcio"
      Linux Registered User #99124 ICQ #15060964
    • patolaaa@yahoo.com
      ... estão presentes na versão X Window. E como é de se esperar o Xemacs não muda= isso.Um dos features ausente mais notado é o syntax
      Message 2 of 7 , Sep 4, 2001
        --- In emacs-br@y..., Hildebrando Rosa Júnior <hrj@m...> wrote:

        > Então o GNUEmacs passou a não ter vários recursos na versão console, que =
        estão
        > presentes na versão X Window. E como é de se esperar o Xemacs não muda=
        isso.

        > Um dos 'features' ausente mais notado é o 'syntax highlighting'. Apenas a=

        > versão DOS tem esta capacidade em modo console.

        Hum, eu já consegui habilitar syntax highlighting em modo texto
        no xemacs. Acho que você está enganado. O que eu me lembro de
        ter tido dificuldade, no entanto, foi acertar o tipo de terminal
        necessário para ele fazer isto.

        > > E também um script/modo que dê ao emacs um syntax highlighting
        > > de C/C++ tão bom e completo quanto o do vim?

        > Outra característica "filosófica" do Emacs é não abusar das cores, tanto =
        que a
        > opção de destacar a síntaxe não está habilitada por omissão como no VIM. =
        Por

        Não, você não entendeu. Habilitar syntax highlighting, e no
        modo máximo, eu consegui. O que acho é que ela não é tão
        completa quanto a do vim, que ressalta mais palavras-chave.
        Se bem que a culpa de eu não ter editado isso pode ser atribuída
        a mim :P

        []s,

        Patola
      • Hildebrando Rosa Júnior
        ... Que interessante, isso eu não sabia, mas também nunca usei *mesmo* o Xemacs. Prefiro o GNUEmacs. ... Entendi sim. O Emacs tem como filosofia destacar
        Message 3 of 7 , Sep 5, 2001
          patolaaa@... wrote:
          > Hum, eu já consegui habilitar syntax highlighting em modo texto
          > no xemacs. Acho que você está enganado. O que eu me lembro de
          > ter tido dificuldade, no entanto, foi acertar o tipo de terminal
          > necessário para ele fazer isto.

          Que interessante, isso eu não sabia, mas também nunca usei *mesmo* o Xemacs.
          Prefiro o GNUEmacs.

          > Não, você não entendeu. Habilitar syntax highlighting, e no
          > modo máximo, eu consegui. O que acho é que ela não é tão
          > completa quanto a do vim, que ressalta mais palavras-chave.
          > Se bem que a culpa de eu não ter editado isso pode ser atribuída
          > a mim :P

          Entendi sim. O Emacs tem como "filosofia" destacar menos que o VIM mesmo. Se
          não está satifisto pode aumentar as palavras chave pelo 'cutomize'.

          > []s,
          >
          > Patola
          >
          >
          > To Post a message, send it to: emacs-br@...
          >
          > To Unsubscribe, send a blank message to: emacs-br-unsubscribe@...
          >
          > Your use of Yahoo! Groups is subject to http://docs.yahoo.com/info/terms/
          >
          >
          >



          --
          "Quem pergunta é bobo por cinco minutos. Quem não pergunta é bobo para sempre.
          -- Confúcio"
          Linux Registered User #99124 ICQ #15060964
        • Gilberto F da Silva
          Data estelar: 2.452.1158,384 ... Xemacs. ... mesmo. Se ... Esse assunto me interessa. Eu desejo obter destaques para a linguagem FORTH. Obtive um arquivo
          Message 4 of 7 , Sep 5, 2001
            Data estelar: 2.452.1158,384

            > patolaaa@... wrote:
            > > Hum, eu já consegui habilitar syntax highlighting em modo texto
            > > no xemacs. Acho que você está enganado. O que eu me lembro de
            > > ter tido dificuldade, no entanto, foi acertar o tipo de terminal
            > > necessário para ele fazer isto.

            > Que interessante, isso eu não sabia, mas também nunca usei *mesmo* o
            Xemacs.
            > Prefiro o GNUEmacs.

            > > Não, você não entendeu. Habilitar syntax highlighting, e no
            > > modo máximo, eu consegui. O que acho é que ela não é tão
            > > completa quanto a do vim, que ressalta mais palavras-chave.
            > > Se bem que a culpa de eu não ter editado isso pode ser atribuída
            > > a mim :P

            > Entendi sim. O Emacs tem como "filosofia" destacar menos que o VIM
            mesmo. Se
            > não está satifisto pode aumentar as palavras chave pelo 'cutomize'.

            Esse assunto me interessa. Eu desejo obter destaques para a
            linguagem FORTH. Obtive um arquivo chamado gforth.el. No arquivo
            .emacs há uma chamada para esse arquivo. Quando carrego um arquivo
            FORTH, a tabulação e os espaços funcionam, mas nada fica colorido.
            Acho que isso tem a ver com os tags. Ainda sou bem incipiente no
            Emacs.

            --

            Um abraço

            Gilberto F da Silva

            +----------------------------------------+
            ! São Bernardo do Campo - SP - Brazilo +
            ! OS/2 W4 fix 12 +
            ! Star Office 5.1 em português +
            ! http://www.gfs1989.hpg.com.br +
            ! http://membro.intermega.com.br/gfs1989 +
            +----------------------------------------+
          • Gilberto F da Silva
            Data estelar: 2.452.215,172 Olá pessoal! O meu programa de correio permite escolher escolher um editor de textos externo. Com o intuito de familiarizar-me
            Message 5 of 7 , Nov 1, 2001
              Data estelar: 2.452.215,172


              Olá pessoal!


              O meu programa de correio permite escolher escolher um
              editor de textos
              externo. Com o intuito de familiarizar-me com os comandos do
              Emacs,
              configurei o Emacs como o editor externo. Todas as mensagens
              enviadas
              pelo programa de correio Post Mailer Road são editadas no
              Emacs.

              Quando edito uma mensagem nova, sempre aparece uma
              mensagem solicitando
              a codificação dos caracteres. O padrão é ISO 8859-1, eu só
              tenho de apertar
              a tecla "entra" para confirmar.

              Quando eu respondo à uma mensagem, não aparece nenhuma
              mensagem solicitando
              a codificação do texto. Menos trabalho, mas também mais
              problemático.
              As páginas estão indo com uma codifcação esquisita (não qual
              é). O resultado
              disso é o aparecimento de caracteres estranhos nos computadores
              de destino.

              Gostaria de ter uma maneira de forçar o Emacs a salvar
              sempre utilizando
              o coding system iso-8859-1, para os textos editados no modo
              fundamental.

              Desde já agradeço pelas respostas.


              Um abraço

              Gilberto F da Silva

              +----------------------------------------+
              ! OS/2 W4 fix 12 !
              ! Post Road Mailer !
              ! São Bernardo do Campo - SP - Brazilo !
              ! www.gfs1989.hpg.com.br !
              ! http://membro.intermega.com.br/gfs1989 !
              +----------------------------------------+

              Julian 2452215.172222
            Your message has been successfully submitted and would be delivered to recipients shortly.